dança, música, Posts do blog

100 anos de Violeta Parra

Em outubro, Violeta Parra completaria 100 anos e o Avant Première não poderia deixar de homenageá-la.

Violeta del Carmem Parra Sandoval: compositora, cantora, ceramista e também artista plástica. Daquelas pessoas que a gente diz que nasceu com alma de artista.

Filha de uma família tradicional do sul do Chile, começou precocemente a cantar e,  aos 17 anos, já se apresentava com a irmã Hilda em bares e restaurantes. Logo se mudou para Santiago,  em cujo ambiente conheceu seu primeiro marido, o ferroviário Luis Cereceda. Dez anos depois se separou e voltou a se casar com Luis Arce.

Grande parte do movimento musical chileno que surgiu na década de 50, teve em Violeta Parra um ponto de partida.

Violeta também refletiu a evolução do canto popular através dos distintos espaços que a artista se desenvolveu.

Em 1953 Violeta já tinha gravado vários discos e foi nessa época que a música chilena viveu um grande período de valorização.

Suas composições foram um ponto de referência para o  desenvolvimento da música nacional do Chile, transformando-se na principal  figura da história do folclore chileno, pesquisando seus ritmos, danças e canções populares. Violeta chegou a catalogar mais de 3..000 canções tradicionais.

Violeta viajou por diversos países e morou em Paris por dois anos.

Em 1960 expões sua obras na Feira de Artes Plásticas do Parque Florestal em Santiago onde conheceu  começou a namorar Gilbert Favre, musicólogo e antropólogo suíço.

Em 1964 foi realizada no Museu do Louvre (Paris) uma exposição de suas pinturas, óleos, arpilleras e esculturas em arame, tendo sido a primeira artista latino americana a estar em uma exposição  individual naquele espaço.

Em 1966 gravou seu último disco, considerado o melhor de todos e que contém  canções como:

  • Maldigo del alto cielo
  • Gracias a la vida
  • El Albertio
  • Run run se foi pa’norte
  • Volver a los 1

Um ano depois de ter estreado “Gracias a la Vida”, Violeta optou por tirar a própria vida. Um trágico sarcasmo para quem decide suicidar-se após ter criado um hino tão profundo e que sempre nos emociona.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s