Arte, Cinema, dança, filme, música, Posts do blog

Can Can e sua influência nas artes

Como vocês já viram em edição anterior, falamos sobre a energética e sensual dança francesa o CAN CAN.

Agora vamos contar um pouquinho sobre a sua influência nas artes: cinema e pintura.

A Pintura

Como toda criação precisa de uma inspiração, na pintura o CAN CAN foi a grande musa  para muitos pintores do impressionismo.

Toulouse Lautrec

Henri Marie Raymond de Toulouse Lautrec Monfa nasceu na França em 1864. Foi pintor pós impressionista e litógrafo. Ficou conhecido por pintar a vida boêmia de Paris do séc XIX.

touluse.jpg
Baile no Moulin Rouge 1890
Pintura de Henri de Toulouse-Lautrec

Ainda jovem foi estudar em um estúdio nas ladeiras suburbanas do bairro de Montmartre em Paris e é lá que Lautrec, convivendo com trabalhadores, prostitutas e artistas de caráter duvidoso, encontra a inspiração para sua arte.

Toulouse foi frequentador assíduo do Moulin Rouge e outros cabarés parisienses. A vida boêmia era tema principal de suas pinturas.

 

Jean Béraud

Jean Béraud, pintor impressionista francês, também teve como musas as dançarinas do can can  como em seu quadro  “le Café de Paris”.

le cafe de paris.jpg

Béraud retratava a noite parisiense, alta sociedade, Champs Elysees, Montmartre e o cotidiano de Paris. Era a época da conhecida “Bella  Époque”.

 

O Cinema

Can Can

Can Can (1960) o filme conta a história de Simone  dona de um famoso clube noturno em Paris que apresenta o Can Can, dança considerada escandalosa e proibida. Ela ignora a lei e contrata um advogado para defendê-la.

A direção é de Walter Lang e a música deliciosa para ouvir e dançar é de Cole Porter e Nelson Riddle.

No elenco só feras:  Frank Sinatra, Shirley Mac Laine e Maurice Chevalier.

 

Moulin Rouge

Um pouco mais atual o filme Moulin Rouge: amor em Vermelho (2001) tem direção de Baz Luhrmann. O filme australiano-estadunidense, do gênero romance musical, foi inspirado  em três operetas: La Bohème de Giacomo Puccini, La Traviata de Giuseppe Verdi, e Orphée aux enfers de Jacques Offenbach  (esta inspirada  no mito grego de Orfeu e Eurídice).

No elenco,  um time da pesada: Nicole Kidman, Ewan McGregor e John Leguizamo.

Na trilha sonora David Bowie, Christina Aguilera, Bono, Plácido Domingo e Madonna.

2 comentários em “Can Can e sua influência nas artes”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s